TERAPIA FINANCEIRA E TERAPIA EMPRESARIAL

TERAPIA FINANCEIRA

(Presencial e Online)

ABORDAGENS PESSOAIS

  • Crenças do passado em relação ao dinheiro e situação financeira familiar;

  • Causas de endividamento;

  • Consumismo;

  • Vícios de hábitos com compras presenciais/online e uso indevido de cartão de crédito;

  • Separação de finanças pessoais e finanças do negócio (caso tenha um negócio próprio);

  • Gerir os empréstimos e financiamentos pessoais;

  • Adequação ideal de padrão de vida de acordo com a sua situação financeira atual;

  • Causas de desemprego e não inserção no mercado e trabalho;

  • Falta de planejamento financeiro (casamento, reformas, chegada dos filhos, compra de carro/moto, casa/apto/terreno e despesas diversas/objetos/coisas);

  • Falta de reserva financeira para emergências casuais e climáticas (infraestrutura em casa, manutenções diversas em carros/motos/eletrodomésticos e outros);

  • Falta de discernimento nas estratégicas em administrar as despesas fixas e variáveis / despesas prioritárias e supérfluas;

  • Utilizar os quatro pilares da Educação Financeira: Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar.

  • Identificar o seu perfil financeiro (endividado, equilibrado ou investidor);

  • Identificar o seu perfil de investidor (conservador, moderado e arrojado);

 

​ABORDAGENS EMOCIONAIS

 

  • Depressão e ansiedade relacionados a finanças;

  • Traumas, angustias e desconfortos devido à ausência do dinheiro;

  • Problemas de saúde (falta de hábitos saudáveis alimentares e atividades físicas);

  • E outras abordagens, que variam de acordo com a necessidade de cada cliente dentro do contexto das técnicas de terapia holística.

  • Ressaltamos que sugerimos inicialmente uma Terapia Financeira com um pacote de 08 (oito) sessões. Podendo estender-se caso o cliente tenha a devida necessidade.

TERAPIA EMPRESARIAL

(Presencial e Online)

ABORDAGENS PESSOAIS

  • Medo de empreender;

  • Crenças do passado em relação ao empreendedorismo familiar;

  • Crises por negócios falidos do passado;

  • Falta de foco para empreender um negócio que relacionado a dom/talento;

  • Falta de um plano de negócio antes de montar um negócio;

  • Falta de traçar um planejamento financeiro com capital de giro para o negócio;

  • Separação de finanças pessoais e finanças do negócio;

  • Gerir os empréstimos e financiamentos para gerir no negócio;

  • Falta de estrutura empresarial para despesas desnecessárias dentro do negócio;

  • Falta de estrutura jurídica, leis trabalhistas, código do consumidor, contábeis, licenças e entre outros em relação ao seu negócio;

  • Falta de pesquisar, estudar e analisar concorrentes do seu tipo de negócio, antes de montá-lo.

  • Ajuda para encontrar o seu propósito de vida profissional empreendedor;

  • Ajuda você a viver um Empreendedorismo com Propósito.

  • Funções Administrativas fundamentais para que o empreendedor possa ter sucesso na criação e manutenção de seu empreendimento (Planejamento, Organização, Coordenação, Controle e Comando).

ABORDAGENS EMOCIONAIS

  • Depressão e ansiedade relacionados ao ato de empreender;

  • Traumas, angustias e desconfortos devido a ausência de empreender;

  • Problemas de saúde (falta de hábitos saudáveis alimentares e atividades físicas);

  • Falta de preparo emocional (positivo/negativo) antes de montar um negócio próprio;​

  • E outras abordagens, que variam de acordo com a necessidade de cada cliente dentro do contexto das técnicas de terapia holística.

  • Ressaltamos que sugerimos inicialmente uma Terapia Financeira com um pacote de 08 (oito) sessões. Podendo estender-se caso o cliente tenha a devida necessidade.

ENTENDA A TERAPIA, PSICOTERAPIA E A PSICANÁLISE

A terapia ajuda a trazer mais equilíbrio para a sua vida, a olhar para si mesmo e se entender. Ajuda a aumentar o autoconhecimento e a expandir da consciência. Auxilia você a resolver conflitos internos, encontrar respostas, ter insights e tomar decisões. Ela colabora com seu processo de evolução e transformação. Também auxilia a aliviar as dores emocionais, a curar traumas e a aumentar a autoconfiança, a autoestima e a motivação.

Objetivos centrais da Terapia, Psicoterapia e Psicanálise:

  1. Restabelecer o funcionamento psíquico ótimo do cliente;

  2. Permitir que o cliente compreenda as causas do que lhe acomete, para que possa encontrar recursos psíquicos para lidar com suas dificuldades, problemas e etc.;

  3. Desenvolver meios de agir no mundo, redefinindo seus traços de personalidade;

  4. Solucionar problemas pontuais, que o afligem, bem como observar questões de cunho mais existencial.

 

PSICOTERAPIA

A Psicoterapia, segundo Knobel (2002), é um procedimento técnico de um vínculo humano, baseado num referencial teórico da estrutura da personalidade e dos comportamentos das relações interpessoais, mediante o qual uma pessoa tenta ajudar a outra que necessita de algum tipo de assistência para aliviar ou melhorar suas condições atuais de vida, e assim, atingir um melhor nível de desenvolvimento enquanto ser humano.

O objetivo da psicoterapeuta é ajudar o indivíduo a ampliar a consciência sobre si mesmo e a desenvolver recursos para lidar com questões internas e resolver conflitos emocionais que incapacitam ou geram sofrimento e comportamentos que trazem danos à saúde e aos relacionamentos.

PSICANÁLISE

A psicanálise é a área de investigação da mente humana, é uma terapia que aponta para a alteração da personalidade para desvendar as relações interpessoais do cliente.

O principal objetivo da psicanálise é a interpretação de suas representações mentais, como sonhos, desejos, pensamentos e lembranças.

 

TERAPIA

Terapia refere-se ao tratamento de problemas psicológicos, emocionais e comportamentais. Através de técnicas verbais e não verbais, ajuda o paciente a refletir sobre suas questões e a encontrar formas diferentes e criativas de aliviar o seu incômodo e melhorar seu relacionamento consigo mesmo e com os outros, com foco em mudar pensamentos, emoções e comportamentos ineficientes.

A terapia holística tem o objetivo de trazer mais equilíbrio energético, mental e emocional, expandir a consciência corporal, emocional, mental e espiritual, minimizar o sofrimento e auxiliar no processo de cura.

PERGUNTAS FREQUENTES

  1. A profissão de Psicanalista é reconhecida? Sim, pelo Ministério do Trabalho e Emprego/CBO 2515.50/2002, pelo Conselho Federal de Medicina (Consulta nº 4.048/97), pelo Ministério Público Federal (Parecer 309/88) e pelo Ministério da Saúde (Aviso 257/57), LC 147/14 (art. 5-I, IV) e Lei 12.933/08.

  2. O certificado para Psicanalista é reconhecido pelo MEC? Não há graduação em Psicanálise, razão para não haver credenciamento junto ao MEC para nenhum curso. Existem Cursos Livres que é amparado pela LDB (Lei n° 9394/96), pelo Decreto nº 2.494/98 e Decreto n° 2.208/97. Apenas Institutos e Sociedades psicanalíticas podem formar novos profissionais, baseando-se no tripé psicanalítico: teoria, supervisão e análise.

  3. A profissão de Terapeuta e Psicoterapeuta é reconhecida? Sim. Pelo Ministério do Trabalho e classificada dentro da CBO - Classificação Brasileira de Ocupações, sob o registro 3221-25 – Terapeuta Holístico. A Constituição Federal, artigo 5º, fala das garantias e dos direitos fundamentais e diz o seguinte: “é livre o exercício de qualquer atividade, ofício ou profissão. Desde que obedecidas às regulamentações legais”.

  4. O certificado para Terapeuta Holístico é reconhecido pelo MEC? Não, pois ainda não é regulamentada por uma lei federal, não havendo uma formação especifica. Existem também Cursos Livres amparados por leis e decretos, com práticas e habilidades para essa profissão.

  5. Somente psicólogos (formados em Psicologia) podem ser terapeutas, psicanalistas e psicoterapeutas? Não. Segundo o CRP – Conselho Regional de Psicologia: A psicoterapia, no estágio atual da profissão no Brasil, é uma prática não exclusiva do psicólogo. Segundo a Lei nº 4.119/1962, § 1º: Constitui função privativa do Psicólogo a utilização de métodos e técnicas psicológicas com os seguintes objetivos: a) diagnóstico psicológico; b) orientação e seleção profissional; c) orientação psicopedagógica; d) solução de problemas de ajustamento.

  6. Quem pode ser terapeuta, psicanalista e psicoterapeuta? Recomenda-se que esses profissionais tenham: 1- Uma inscrição (mesmo que ainda não se tenha uma regulamentação por lei em um conselho regional, estar inscrito em um registrador e balizador dessa profissão proporciona ao profissional um curso, conteúdo da área, regras, habilidades e práticas específicas para exercer a profissão). 2- Profissional que tenha um curso livre específico de Terapia, Psicoterapia e Psicanálise, com mais de 150 horas (recomendado), para executar com qualidade e responsabilidade essa profissão e se especializar em alguma técnica. 3- Profissional que tenha um nicho de mercado específico profissional em um âmbito de autoajuda para o cliente com formação adequada. Nesse sentido o cliente saberá que esse profissional é formado (graduado e pós-graduado), capacitado e experiente. Conheça o nosso perfil profissional. Clique aqui

  7. Cuidados antes de contratar uma prestação de serviço de Terapeuta, Psicoterapeuta e Psicanalista: É preciso estar atento ao profissional que você irá escolher, se tem boas referências/indicações, se tem uma formação necessária para prestar um atendimento na área específica que você necessita e principalmente se deixa claro antes da contratação como será executada e quais serão as abordagens da terapia.

Informações e Orçamentos

(27) 99252-8811

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 por Andréia Fernandes | Orgulhosamente criado pela Info Tower Tecnologia.

  • Facebook
  • Instagram
whatsapp-png-cinza-3.png